Skip to content

Jesus de Nazaré: túmulo em parte incerta

Embora seja arqueologicamente impossível afirmar que o Santo Sepulcro (Jerusalém) foi o lugar de repouso de um judeu conhecido por Jesus de Nazaré, os últimos processos de datação indicam com segurança que a construção original do recinto ocorreu na época de Constantino, o primeiro imperador romano cristão.

Os muitos danos que a Basílica do Santo Sepulcro sofreu ao longo da história fizeram com que se questionasse se os restos de uma câmara de pedra calcária que alberga no seu interior eram realmente os do túmulo de Jesus, mas esta seria aberta, em 2017, para ser restaurada (pela primeira vez desde a sua reconstrução, em 1810, após um incêndio), e os testes científicos confirmaram que se trata da sepultura localizada pelos antigos romanos.

Os resultados coincidem com a crença histórica de que os romanos construíram o monumento sobre o presumível túmulo de Jesus, na era de Constantino, o Grande, por volta do ano 326.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Smilies normais como :-) e ;-) são convertidos em imagens.
Asteriscos à volta duma palavra (*palavra*) marcam-na como negrito, sublinhados são feitos com _palavra_.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options